Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos

“Eu já havia assistido muitos vídeos no youtube com o Jefferson, mas foi em uma palestra que pude perceber a energia de amor, seriedade e respeito que vinham dele como profissional.Por isso decidi fazer a terapia reencarnacionista.

E a partir das minhas sessões, tive uma compreensão melhor de tudo sobre mim mesma. O método aplicado pelo Jefferson me deixou tranquila e sem medo para acessar fatos pelos quais passei em outras vidas.

Óbvio que alguns desses fatos nos causam certos ímpetos de sustos, mas tudo que acessei nas sessões me fizeram compreender melhor meus acertos, meus erros, bem como me fizeram perceber questões que merecem mais atenção para serem trabalhadas dentro de mim.

De forma geral, as minhas sessões de terapia reencarnacionista, conduzida por meu Mentor Espiritual e auxiliada pelo Jefferson com muito carinho e respeito, fizeram com que alguns ciclos se fechassem dentro de mim, fazendo compreender minhas reações, meus medos e, principalmente, tendo em vista que eu acessei fatos complicados que passei em outras vidas, mas que eu os superei, de alguma forma, isso me encheu de esperança, vontade e coragem para continuar a enfrentar a atual encarnação com mais leveza e amor.

Sou muito grato por poder contar com pessoas como o Jefferson, que se empenham em um estudo e trabalho que me ajudam demais. Obrigada Jefferson.”

Marina C.S Sbampato
(Terapia Presencial)

Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos

“A psicoterapia reencarnacionista chegou até mim para fazer as peças do quebra cabeça da minha vida se encaixarem ! Terapia holística e terapia convencional deixavam lacunas dentro mim, sentia um certo vazio ainda, me investigava tanto mas não entendia o porquê de alguns acontecimentos e ações.

Foi quando fiz a primeira regressão a distância com o Jefferson e a terapeuta que trabalha com ele, de uma sensibilidade, carinho e respeito com a minha história que jamais serei capaz de descrever, assim como a riqueza de detalhes da regressão.

Tudo conduzido com muita maestria, amor e muito respeito. Sou muito grata pelo atendimento que com certeza mudou a minha vida, um divisor de águas na busca de entender o que vim resgatar nessa vida enquanto alma, me trazendo clareza, conhecimento e muita certeza do caminho a ser seguido.

Gratidão Jefferson por tanto carinho ao entrar na minha história e me ajudar no meu processo de reforma íntima !

Que o criador o abençoe abundantemente!

Muita amor e luz nos seus dias e de toda equipe que te acompanha”

Joyce Guerra
(Terapia à Distância (On-Line) e Presencial)

Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos

“A terapia reencarnacionista foi um marco na minha vida. O Jefferson brincava comigo que sairia outra pessoa no final, como se fosse um marco zero. E de fato foi exatamente o que senti. Sou outra pessoa, com uma nova consciência.

A sensação é que agora tudo faz sentido. E após alguns meses do término das sessões, até hoje, todos os dias, encontro algumas respostas com tudo o que me foi mostrado.

Viver na matéria e aprender com as limitações humanas é a grande lição. Temos a oportunidade de evolução e crescimento com o todo, com tudo a nossa volta.

Busco escutar a sabedoria divina que nos dá sinais todos os dias e a todo momento. Esquecemos das nossas origens quando encarnamos, e essa terapia reencarnacionista nos ajuda a relembrar quem somos em essência.

Uma grande ajuda para seguir nessa escola que se chama vida.

Gratidão por ser essa ponte entre nós e o divino, Jefferson.”

Taís Sanches
(Terapia Presencial)

Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos


“Não tenho palavras para descrever minha experiência. Tenho muitos conflitos existenciais, familiares e ter feito a regressão não só me ajudou a entender algumas coisas sobre mim mesma, como também me fez ver a vida de maneira mais leve. Eu me cobrava demais e vivia muito insatisfeita.

Perceber que somos seres eternos, diminuiu bastante minha angústia, por conta da pressa que eu tinha em querer que certas coisas acontecessem. As regressões me ensinaram que não adianta se angustiar ou ter pressa, muito menos detestar alguém. Estamos todos APRENDENDO!!! Aprender demanda tempo, atenção e paciência conosco e com os outros.

O que ficou para mim é que estamos a cada vida passando por “cursos”, onde precisamos aprender e lidar com situações para seguirmos melhores. Paciência para observar nossos próprios atos, entender a nós mesmo e os outros sem julgamentos; aceitar o tempo das coisas; tudo tem uma razão de ser! Não adianta se aperrar, ao invés disso se pergunte: Por que isso está acontecendo e o que devo aprender?

PACIÊNCIA, OBSERVAÇÃO e ACEITAÇÃO são palavras que norteiam minha vida após o tratamento 🙏🏻

Sou muito grata por essa leveza que a regressão trouxe a minha vida.

Obrigada, meu amigo Jefferson!!!”

Jacqueline Rios
(Terapia à Distância – On-Line)

Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos

“A decisão de fazer uma regressão veio por conta de eu estar passando por um momento de muita reflexão sobre a minha verdadeira missão nesta encarnação. Aos cinquenta anos de idade, depois de ter me realizado como comissária de voo (que eu achava que era a minha missão), me vi como que “sem rumo”, ou como expressei na terapia: sem “tesão” por nada com o qual estivesse trabalhando. Foi quando, na primeira sessão, fui levada até os irmãos do astral que me receberam e me disseram que em qualquer trabalho que me empenhasse,ou seja, que eu colocasse amor e o meu coração, ali estaria minha missão, e que assim também, a palavra NECESSIDADE não faria parte da minha vida presente. Depois, pude entender a expressão: “colocar amor e coração”, pois houve uma ligação totalmente coerente entre as duas últimas regressões.

Na penúltima, vi a mim e a minha filha pequena morrendo pelas mãos de um policial com um tiro no peito por eu ter roubado comida ou dinheiro numa feira; o que fez todo sentido com a terceira sessão onde, na encarnação anterior, fui um jovem soldado de guerra, frio, calculista, fortemente treinado para matar e sobreviver. Depois de ver todos os meus colegas mortos no campo de batalha, caminhei horas em busca de abrigo. Encontrei, num lugar remoto, uma casinha onde moravam um jovem casal e sua filha pequena. Sem o menor sentimento, invadi a casa, matei os três com tiros no peito e tomei posse de tudo. Fui treinado para isso. Lá, passei o resto da vida até desencarnar muito velho e sozinho. No astral, entre planos, me juntei a esta família, e depois que tomei consciência do que fiz, obtive o perdão dos três. Fomos instruídos por mentores a construir uma comunidade. Ali receberíamos e cuidaríamos somente de espíritos que desencarnassem por morte violenta para depois serem encaminhados a outros planos mais elevados. Cumprimos nosso trabalho lindamente e, com isso conseguimos passar para o plano superior onde cada um seguiu seu rumo.

Eu, já como mulher, compreendi e aceitei como seria a próxima encarnação e como desencarnaria. Nada mais justo como aprendizado. É matemático… De uma encarnação totalmente movida pela frieza e pelo ego para outra com um tiro no peito para entender que é pelo coração que devo viver, que não é necessário tirar nada de ninguém e que não importa que tipo de trabalho eu realize; se for feito com amor e com o coração, me doando, nada me faltará. A lógica das encarnações é fantástica e perfeita. Sem contar as revelações de que, minha filha, a menina que estava comigo na feira, nesta atual encarnação é minha irmã mais velha com a qual me dou maravilhosamente bem; que minha mãe, ao saber que estava grávida de uma terceira criança, apesar do susto, me aceitou e me amou enquanto eu estava em seu útero, e eu senti profundamente esse amor depois que estava em seu colo sendo amamentada. Definitivamente, NADA é por acaso e, se estamos aqui hoje, é por um propósito maior, para evolução espiritual e doação.

Muito obrigada ao Jefferson pelo profissionalismo, sensibilidade e carinho durante toda a terapia tão bem guiada, onde me senti acolhida e “entendida”, atingindo meu objetivo.”

Carolina G.
(Terapia Presencial)

Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos

“Quando conheci o trabalho do Jefferson Orlando, pela internet, fui surpreendida por conteúdos espiritualistas abordados com significativa profundidade. Sua atenção e gentileza depositadas durante meu primeiro contato com Jefferson não me surpreenderam, pois dele já esperava um trabalho de elevada qualidade.

Na minha busca por respostas no âmbito de minha missão de vida, resolvi iniciar a terapia reencarnacionista, com regressões à distância. Essa experiência não se compara a nada do que já vivi e a nenhum estudo que já desenvolvi. Eu me deparei comigo mesma vivendo em outras épocas e situações, porém com emoções e pensamentos similares aos que carrego comigo nesta vida, trazendo-me a compreensão das causas dos padrões que estão se repetindo e, consequentemente, me prendendo aos ciclos reencarnatórios. As razões que me levam a agir como ajo, a pensar como penso e a buscar o que busco ficaram esclarecidas, levando-me a sentir mais compaixão por minhas fraquezas, pois tive acesso a lembranças de tantas outras experiências que vivi e que foram responsáveis pela minha edificação.

Esses entendimentos ficaram registrados em minha memória e consigo extrair deles, sem sequer racionalizar, força e clareza para pensar melhor diante de situações que me levariam aos antigos padrões de comportamento, retardando minha evolução espiritual. Com essa terapia, motivos verdadeiros de estar encarnada ficaram gravados em meu coração. Ao Jefferson expresso minha admiração, meu respeito, meu carinho e minha gratidão e, à Cida, igualmente, doce alma que me agraciou com sua elevadíssima capacidade psicométrica: que vossos trabalhos iluminem o caminhar de muitas pessoas, assim como iluminaram o meu.”

C.G.
(Terapia à Distância – On-Line)

Obs: Depoimento retirado do meu Canal no Youtube: www.youtube.com/soldoeverest2 

Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos

“Eu já fiz sim regressão à distância com o Jefferson! Adorei e mudou a minha vida.”

Ana Jesus

(Terapia à Distância – On-Line)

Obs: Depoimento retirado do meu Canal no Youtube: www.youtube.com/soldoeverest2 

Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos

“Eu também fiz terapia reencarnacionista com o Jefferson.
Foi maravilhosa a experiência, já estava numa busca interior já muitos anos, a terapia foi essencial para o meu autoconhecimento, consegui entender muitas questões da minha vida, me reconectei comigo mesma novamente, a experiência foi incrível.
Sou muito grata ao Jefferson, a Cida e aos Mentores”

Rose Ribeiro
(Terapia à Distância – On-Line)

Obs: Depoimento retirado do meu Canal no Youtube: www.youtube.com/soldoeverest2 

Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica – Presencial ou à Distância (On-Line) | Depoimentos

“O futuro é um livro aberto para quem conhece o passado.” Foi essa frase que me levou ao encontro da Regressão Terapêutica e é essa mesma frase que resume muito bem o quão importante foi passar por essa experiência incrível!

Me ver/rever em outras vivências e perceber que estava repetindo os mesmos erros no agora, me despertou para sair deste “ciclo” e buscar uma nova direção. Todos os dias essa experiência ressoa em mim de forma profunda e me lembra de buscar o que eu nasci para Ser!

Sou grata aos mentores por me proporcionarem essa experiência e a você Jefferson por todo carinho e amparo!”

Maria Fatima de Souza.
(Terapia Presencial)

A personalidade congênita – Parte II

Quem apresentou esse termo foi André Luiz (médico espiritual), no livro “Obreiros da Vida Eterna”, psicografia de Chico Xavier, em 1947. O autor relata a posição de Dr. Barcellos, psiquiatra desencarnado, o qual afirmava que na teoria de Freud e seus seguidores ficou faltando essa definição.

Quando olhamos uma criança pequena e enxergamos toda a sua pureza, estamos vendo apenas o aspecto físico, criado nessa concepção justamente para que seus pais a recebam com todo carinho que ela necessita. No entanto, devemos reconhecer que ali encontra-se alguém que vem de longas existências, carregando em si um acúmulo de experiências, que vão se manifestar à medida que a criança vai crescendo.

No Livro dos Espíritos (coletânea de perguntas feitas ao Espíritos responsáveis pela missão de trazer informações importantes para a Humanidade), organizado por Allan Kardec, encontramos algumas explicações bem claras a respeito do tema, veja:

Questão 216 = O homem conserva, em suas novas existências, traços do caráter moral de existências anteriores?

R.: Sim, isso pode ocorrer; mas ao se melhorar, ele muda. Sua posição social pode também não ser mais a mesma. Se de senhor torna-se escravo, seus gostos serão completamente diferentes e teríeis dificuldade em reconhecê-lo. Sendo o Espírito sempre o mesmo nas diversas encarnações, suas manifestações podem ter uma ou outra semelhança, modificadas, entretanto, pelos hábitos de sua nova posição, até que um aperfeiçoamento notável venha mudar completamente seu caráter; por isso, de orgulhoso e mau, pode tornar-se humilde e bondoso, desde que se tenha arrependido.

Veja agora essa outra questão ainda sobre personalidade e caráter.

Questão 385 = De onde vem a mudança que se opera no caráter em uma determinada idade e particularmente ao sair da adolescência? É o Espírito que se modifica?

R.: É o Espírito que retoma sua natureza e se mostra como era. Vós não conheceis o segredo que escondem as crianças em sua inocência, não sabeis o que são, o que foram, o que serão e, entretanto, as amais, lhes quereis bem, como se fossem uma parte de vós mesmos, a tal ponto que o amor de uma mãe por seus filhos é considerado o maior amor que um ser possa ter por outro. De onde vem essa doce afeição, essa terna benevolência que até mesmo estranhos sentem por uma criança? Vós sabeis? Não; é isso que vou explicar.

As crianças são os seres que Deus envia em novas existências e, para não lhes impor uma severidade muito grande, lhes dá todo o toque de inocência. Mesmo para uma criança de natureza má suas faltas são cobertas com a não-consciência de sus atos. Essa inocência não é uma superioridade real sobre o que eram antes; não, é a imagem do que deveriam ser e se não o são é somente sobre elas que recai a pena. Mas, não é apenas por elas que Deus lhes dá esse aspecto, é também e principalmente por seus pais, cujo amor é necessário para sua fraqueza. Essa amor seria notoriamente enfraquecido frente a um caráter impertinente e rude, ao passo que, ao acreditar que seus filhos são bons e dóceis, lhes dão toda a afeição e os rodeiam com os mais atenciosos cuidados. Mas quando os filhos não têm mais necessidade dessa proteção, dessa assistência que lhes foi dada durante quinze ou vinte anos, seu caráter real e individual reaparece em toda sua nudez: conservam-se bons, se eram fundamentalmente bons; mas sempre sobressaem as características que estavam ocultas na primeira infância.
Vedes que os caminhos de Deus são sempre os melhores e, quando se tem o coração puro, a explicação é fácil de ser concebida. De fato imaginai que o Espírito das crianças pode vir de um mundo em que adquiriu hábitos totalmente diferentes. como gostaríeis que vivesse entre vós esse novo ser que vem com paixões completamente diferentes das vossas, com inclinações, gostos inteiramente opostos aos vossos? Como deveria se incorporar e alinhar-se entre vós de outra forma senão por aquela que Deus quis, ou seja, pelo crivo da infância? Aí se confundem todos os pensamentos, os caracteres e as variedades de seres gerados por essa multidão de mundos nos quais crescem as criaturas. E vós mesmos, ao desencarnar, vos encontrareis numa espécie de infância entre novos irmãos; e nesse nova existência não-terrestre ignorareis os hábitos, os costumes, as relações desse mundo novo para vós; manejareis com dificuldade uma língua que não estais habituados a falar, língua mais viva do que é hoje o vosso pensamento.

A infância tem ainda outra utilidade: os Espíritos entram na vida corporal para se aperfeiçoar e melhorar; a fraqueza da idade infantil os torna flexíveis, acessíveis aos conselhos da experiência e dos que devem fazê-los progredir. É então que podem reformar seu caráter e reprimir suas más tendências; este é o dever que Deus confiou a seus pais, missão sagrada pela qual terão de responder. Por isso a infância não é somente útil, necessária, indispensável, mas é ainda a consequência natural das Leis que Deus estabeleceu e que regem o universo.